Turvelândia terá eleição suplementar no dia 06 de agosto

0
452
Faltando menos de um ano e meio para o término do mandato do ex-prefeito Siron Queiroz dos Santos e do seu vice Marlon Souza Borges, eles perderam o mandato por compra de votos e abuso do poder político, nas eleições de 2020. Por isso haverá nova eleição no dia 06 de agosto em Turvelândia – GO.
A chapa foi denunciada no início do mandato, mas o prefeito vinha se mantendo no cargo por recursos jurídicos, até que o TRE negou recurso interposto pelos políticos, no começo deste ano e aplicou sansão de multa de 35 mil reais, perda de mandato dos dois políticos, e também, a inelegibilidade por 08 (oito anos), de ambos.
Com isso, o presidente da Câmara Itamar Neves assumiu interinamente a prefeitura e providenciou a realização da eleição.
E para o cargo de prefeito, há dois nomes em disputa do Executivo de Turvelândia: Atenilson Alves, pelo partido Solidariedade e José Raimundo pelo PL.
Mesmo assim, ainda cabe recurso e o ex-prefeito Siron Queiros, juntamente com o vice Marlon Souza entraram com mandato de TUTELA, para resgatar o fim do mandato.
Em conversa com o ex-prefeito pela nossa reportagem, Siron Queiroz mostrou-se otimista e disse que acredita na justiça e mesmo que ocorra a eleição eles devem terminar o mandato. Ele também, disse, que há muitos projetos a serem cumpridos por eles.
Candidato da oposição – José Raimundo (PL) é favorável na disputa
O próprio ex-prefeito Siron Queiroz, admitiu o favorecimento do candidato da oposição José Raimundo, com quem ele disputou as últimas eleições numa disputa acirrada, com apenas 19 (dezenove) votos de diferença.
Para Siron Queiroz, o candidato dele, Atenilson Alves, é boa pessoa, bom administrador, mas não tem o convívio político, por isso, há essa desvantagem. Mas, disse que irá “pra cima” em busca do resultado positivo.
Prefeito interino Itamar Neves diz que recebeu a prefeitura carregada de dívidas e muitos embaraços.
O prefeito interino Itamar Neves, presidente da Câmara de Turvelândia, disse que recebeu a Prefeitura em situação difícil, carregada de dívida; com folha de pagamento atrasada, posto de combustível sem pagar, comprometendo o andamento da frota, dentre outros fornecedores e prestadores de serviços sem receberem. “Para se ter uma ideia, até a estátua do Cristo Redentor, na entrada da cidade, está sem pagar”, disse Itamar Neves.
Mesmo assim, o prefeito interino Itamar Neves vem mantendo os serviços essenciais, a limpeza e serviços de urbanização em dia. A cidade está bonita e a população satisfeita com o curto mandato dele.
Perguntado pela reportagem, porque ele não quis disputar a eleição, já que está no cargo como prefeito interino, Itamar Neves disse que há um compromisso político das eleições passadas, com o atual candidato José Raimundo e por isso irá apoiá-lo. E acrescentou: “eu cumpro com minha palavra em tudo. E Também, acredito que o José Raimundo vai administrar com responsabilidade e cuidar bem do povo de Turvelândia”, acrescentou o prefeito Itamar.
Por: Wilson Barbosa – Jornal Cidades
Revisão: Regina Barbosa
+4
Ver insights e anúncios
Turbinar publicação
Curtir

 

Comentar
Compartilhar