Termina amanhã, dia 20/05, o prazo para convênios habitacionais entre o Governo e Municípios de Goiás.

0
427

Prefeituras têm até quarta-feira (20/5) para propor convênios para construção e reforma de moradias e equipamentos comunitários com o Governo de Goiás.

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) está recebendo os documentos exclusivamente pelo e-mail protocolo@agehab.go.gov.br, por medida segurançapara evitar a propagação do coronavírus.

O presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, disse que não há possibilidade de nova prorrogação do prazo, que expiraria em abril.

Segundo presidente Eurípedes, essa é a última chance de envio dos documentos pelos gestores municipais, pois a Agehab precisa atender prazos estabelecidos pela legislação eleitoral, que termina no dia 4 de julho. E neste período, ainda deve ser feita a análise de toda a documentação, aprovação dos orçamentos enviados, vistorias nas áreas propostas e todo o trâmite processual interno até a assinatura dos convênios.

Eurípedes do Carmo ressalta que o chamamento público aos municípios confere transparência e isonomia ao processo, seguindo determinação do governador Ronaldo Caiado. Além da construção de moradias, as prefeituras podem solicitar convênios para equipamentos comunitários e reforma de moradias.

A meta do Governo de Goiás com esse chamamento público é viabilizar a construção de 2 mil moradias nos municípios. As prefeituras devem enviar os documentos escaneados ou certidões salvas em pdf, com no máximo 5 megabytes, e indicando no assunto Chamamento Público. Quem não protocolar a documentação até o dia 20, só poderá fazer novo pleito no próximo ano.

O edital de chamamento público foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 4 de fevereiro e também no site www.agehab.go.gov.br, no link https://www.agehab.go.gov.br/prefeituras.html. Os técnicos das prefeituras podem tirar dúvidas pelo e-mail projetos@agehab.go.gov.br ou pelos telefones (62) 98127-0809 (Fabiana Perini) / (62) 99904-1291 (Diogo Paixão).

Assessoria de imprensa da Agehab

Edição Wilson Barbosa

Jornal cidades